Pela janela,
O tempo entra.
Passo a passo
Espaços de luz,
Passa-me a vida…

A borboleta
Voa, voa. ..
A alma,
Em fogo,
Arde.

           Sorrisos em seus olhos
           Que me pintam a vida
           Em cores coloridas
           Fazem brotar,
           Onde não há mais,
           Esperança.

                          Apego-me facilmente em seus cabelos e vou-me para o mar.
                          Navego em  você.
                          A vida tem mais sentido quando a alma respira.
                          O Sol me queima, seu sorriso me guia.
                          Desejo seu desejo com o meu desejo.
                          O vento salga o meu cabelo…

           Brinco em seus lábios
           Que me adoçam a vida
           Em sabores coloridos
           Fazem brotar,
           Onde não há mais,
           Sonhos.

E o azul
Plana, plana.
O coração,
Em compasso,
Marca.

No corpo,
Você entra.
Pouco a pouco
Completa a alma,
Ofereço-lhe a vida…

Penso em coisas lindas, mas pra elas não encontro descrição possível. Dificuldade de me submeter à verdade: algo sempre escapa à palavra, nenhum símbolo pode traduzir perfeitamente uma ideia. A linguagem é a única forma de nos comunicarmos, mas gera tanto entendimento quanto mal-entendidos…. Leia Mais…

 

entre as coisas mais lindas,

eu vinha pensando, matutando, elucubrando, imaginando, meditando, ruminando, ponderando, especulando.

a paisagem perfeita, num dia perfeito, com um céu muito azul e perfeito. não diríamos nada, apenas nossos olhares dialogariam, e então nos aproximaríamos em câmera lenta, tudo muito clichê e… Leia Mais…

 

Desde que te conheci o verde da minha bolsa ficou ainda mais verde. O rocambole de doce de leite que a minha mãe faz tem mais gosto de doce de leite agora. O café da lanchonete ao lado do meu trabalho está mais saboroso…. Leia Mais…

Que seja infinito enquanto dure, pensava enquanto se penteava cuidadosamente. Podia sentir ele se aproximando, lhe envolvendo com os braços fortes para, em seguida, sob protestos insinceros, bagunçar seus cabelos em busca de sua nuca. Naquele abraço se sentia segura: nunca nenhum mal poderia lhe alcançar enquanto… Leia Mais…

Um quarto frio, a janela aberta, voz embriagada, olhos molhados por uma água quente e salgada que verte e escorre pelo seu rosto. Palavras se misturam com as lágrimas na tentativa de se lembrar de um amor que não foi correspondido. Mãos trêmulas, os… Leia Mais…