Nesta manhã, eu queria amar muito. Como, ou até mais que nas últimas vezes em que nos visitamos. Dedos entrelaçados, pernas abertas, quadril milimetricamente posicionado junto a minha cabeça. Seu eterno levantar, meu eterno desejar. Respirando você lentamente… e cada porção de você tomando conta de mim.

 

Nessa manhã de agosto, a única coisa que queria mesmo era tomar-te inteira como meu café da manhã. 

Tudo bem, meu bem. Eu vou relevar, eu vou esquecer tudo o que aconteceu. Já passou. E sei que não vai mais acontecer. Tudo bem. O problema sou eu, como você disse, você tem razão.

Eu vou servir o café da manhã pra você. Vou… Leia Mais…

A primeira vez que você dormiu lá em casa

gostei muito do cheiro da sua respiração.

Não sei se alguém já te falou isso mas,

gostei de ficar deitado

de frente pra você,

esperando seus olhos abrirem pra te beijar

de novo.

Era como se eu pudesse ver sua respiração sair.

Sua… Leia Mais…

Do outro lado da mesa você me olha com olhos de comer fotografia enquanto eu levo a colher à boca e penso que aqui, agora, nesse instante-de-nunca-parar eu quero ficar Para Sempre com você, então eu te pergunto, Se você não estiver muito ocupado… Leia Mais…

 

E quando cheguei ao bar já era tarde, e até agora não sei porque fui parar naquele lugar, logo eu que não sou lá de beber, e assim que entrei reparei nele sentado numa mesa com outros rapazes, pareciam alegres, conversavam alto e davam… Leia Mais…

Era uma vez um homem tão apaixonado, mas tão apaixonado por uma mulher, que se sentia minúsculo e impotente do lado dela. Aquela mulher, aos olhos dele, era tão incrível, maravilhosa e perfeita, que ele sequer podia acreditar que um dia poderia ser correspondido…. Leia Mais…